«

»

jun 07 2016

SEM PODER DE DECISÃO, SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE QUIXABA-PE, NÃO TEM CAPACIDADE POLÍTICA PARA SE MANTER NO CARGO !

 

13392959_884207478373749_1810505090_n

Em uma reunião de negociação caracterizada pelo SINDUPROM/PE, como um verdadeiro fiasco e afronta aos professores, mais uma vez, tentamos dialogar com a equipe de gestão da secretaria, de uma incapacidade política, pedagógica e financeira extraordinária, mostrando assim, mais uma vez, que a secretária de educação ocupa o posto apenas como uma figura decorativa e sem poder de decisão, pois o atual prefeito manobra a todos de forma escancarada.

 

Desde o mês de julho de 2015, o SINDUPROM/PE, vem buscando dialogar no sentido de resolver em definitivo, a implantação da jornada de trabalho de 187,50 horas aulas e meia mensais, tendo como base, a legislação nacional, pois temos uma Portaria Ministerial do Ministro da Educação em 1945, que estabeleceu a hora aula em cinquenta minutos, além do Estatuto do Magistério do Estado, sancionado em 1996 pelo então governador Miguel Arraes de Alencar, que estabeleceu em cinquenta minutos, a hora aula para todas as modalidades de ensino no estado.

 

Foram os municípios, que de forma autoritária e sem nenhuma consulta aos professores, estabeleceu a hora aula em sessenta minutos, nas modalidades da Creche, Ensino Infantil e Ensino Fundamental, explorando a nossa categoria diariamente, em uma hora aula, que trabalhamos e não recebemos, além dos vinte minutos do intervalo, que somos obrigados a administrar a merenda e observar os alunos de forma gratuita.
Tudo isso foi discutido ao longo de um ano com a Secretária de Educação, que fez de ouvido mercador e hoje, em uma reunião sem sentido e sem nenhuma proposta, nos veio apresentar um NÃO como resposta.

 

Em protesto, nos retiramos da reunião, por que não somos palhaços, tão pouco, idiotas para sermos tratados com descaso e falta de respeito, pois a oito anos que essa gestão nunca demostrou interesse em valorização da nossa categoria e em assegurar uma educação de qualidade, fazendo da educação uma verdadeira farsa.

 

Essa senhora, orientada pelo senhor prefeito, acha que com essa política de enrolação e de descaso com a nossa vida profissional, vai levar os professores ao desânimo e a depressão, fazendo recuar dos seus objetivos e direitos.

 

Muito pelo contrário. O senhor prefeito e a secretária de educação, que por sinal, é uma professora do quadro municipal, mas acha que nunca vai perder a pose, sendo eternamente secretária, não sabendo talvez, que o mundo gira e que as nuvens se deslocam, mexeram com um vespeiro e nós professores não vamos deixar por menos.

 

O tamanho da nossa vitória, com certeza será do tamanho da nossa luta. Então, a categoria decidiu em assembleia que iremos a luta, doa em quem doer e só dela sairemos, quando impusermos as nossas reivindicações, acabando com o descaso da secretária com os professores; assegurar o cumprimento do enquadramento dos professores readaptados, que são excluídos de tudo; direito de poder adoecer e gozar de atestado médico; assegurar o direito ao gozo das licenças Premium; e por final, implantar a jornada de trabalho de 187,50 horas aulas e meia, como determina a Lei e é o nosso direito.

 

Convocamos todos os professores aos postos da luta! Próxima quarta feira, dia 15/06/16, às 8 :00 horas da manhã, na Câmara Municipal dos Vereadores, estaremos realizando a nossa assembleia, neste dia que declaramos como DIA MUNICIPAL DE PARALISAÇÃO E LUTA DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE QUIXABA-PE, sendo nesta assembleia, que decidiremos se realizaremos ou não, um grande ato público e uma passeata, com entrega de uma carta aberta a população, mostrando o Raio X da educação de Quixaba e fazendo a população tomar conhecimento do descaso da atual administração com a educação dos filhos desse município e como a prefeitura trata seus professores: a pão e água!

 

 

Essa é a consideração e o respeito do prefeito para quem constrói um município diferente, a partir da transmissão e construção de conhecimentos.

 

Não abdicaremos dos nossos direitos!

 

Todos à assembleia!

 

SINDICATO É PRÁ LUTAR!

 

SINDUPROM/PE